• Mulher Cíclica

Chá para o parto



A maioria das ervas estimulantes do útero que deveriam ser evitadas durante a gestação são liberadas durante o parto. Algumas podem inclusive estimular o início do trabalho de parto e ajudá-lo a se desenvolver. É o caso das ervas usadas no famoso chá da parteira mexicana Naolí Vinaver.

Para fazer, antes se assegure de que você não tem nenhuma questão que te impeça de usar os ingredientes e lembre-se que é mais recomendado tomar o chá depois de 40 semanas de gestação ou durante o trabalho de parto.

Ferva 1 litro de água e adicione os seguintes ingredientes, deixando abafar por 15 minutos:

  • Um bom pedaço de chocolate, preferencialmente meio-amargo ou amargo, o mais puro possível.

  • 2 a 3 paus de canela-da-china.

  • 5 a 10 bolinhas de pimenta preta/do reino inteiras, sem estarem moídas.

  • 3 folhas de abacate, secas ou frescas.

  • 1 a 2 raminhos de alecrim, de preferência fresco, mas pode ser seco.

  • Açúcar mascavo ou mel à gosto antes de beber.


Ingredientes opcionais para melhorar o efeito das contrações:

  • Fatias de gengibre fresco.

  • 1 a 2 colheres de chá de pimentão vermelho/páprica em pó.

  • 1/2 colher de chá de orégano, manjericão e tomilho.

  • 6 a 8 folhas frescas (ou secas) de zoapatle (Montanoa tomentosa).

  • 1 colher de tintura de zoapatle no conhaque.


Tome ainda quente. Aproveite esse calorzinho gostoso no seu ventre para se conectar com seu/sua bebê, com o processo de parir, com a força das suas entranhas e a sabedoria das suas ancestrais. Escute seu corpo, suas emoções, observe como você responde às ervas do chá, como o útero vai se contraindo e trabalhando para trazer nova vida ao mundo.

Se ainda não tiver entrado em trabalho de parto e estiver com 40 semanas de gestação ou mais, poderá tomar diariamente, uma xícara por dia. Durante o TP, basta tomar uma vez, principalmente quando precisar de mais energia ou as contrações estiverem estagnadas.

Bom parto!

1,706 visualizações

Mulher Cíclica © 2020